• Ref˙gio Familiar

    Praia de Camboinhas, Niterˇi

journal

Fotografia: Juliano Colodeti 
02 / 08 / 2022
Texturas naturais e apontamentos de cor trazem o aconchego necessário para transformar este refúgio de férias numa verdadeira casa de família. 
Ela é brasileira, ele é sueco, e vivem atualmente nos EUA com as duas filhas do casal, a mais velha, biomédica, com 23 anos e a mais nova, ainda estudante, com apenas 16 anos. A casa, só agora recuperada, já está na família há alguns anos e é dona de uma incrível vista para o mar da Praia de Camboinhas, em Niterói, Brasil. Com 154m², o imóvel, que não sofreu reformas significativas desde que foi adquirido, pedia já uma atenção especial. Para isso, entrou em cena o estúdio Maia Romeiro Arquitetura, liderado pelos arquitetos Marina Romeiro e Felipe Maia, que transformou o apartamento num verdadeiro refúgio à beira-mar.

Os clientes queriam um imóvel atemporal e contemporâneo, que não corresse o risco de ficar datado. “O projeto não possui um conceito definido, trata-se de uma modernização do espaço com escolhas atemporais e neutras. O cliente, por ser sueco, valoriza muito o design de mobiliário, principalmente em madeira. Isso levou-nos para um caminho híbrido, como um ‘hygge praia’, com tons claros, muita madeira, design arrojado e texturas naturais”, explica a arquiteta Marina Romeiro. A reforma contemplou todas as divisões, com novo mobiliário e alterações pontuais na planta. As maiores mudanças foram a integração da varanda com a sala, da varanda lateral com a suíte principal e uma nova área de serviço, que saiu da cozinha e passou a ocupar o extinto quarto de serviço.

O apartamento ganhou ares de casa com essas modificações, aliadas à forte presença das plantas. O piso claro faz referência à areia e as cores entram de forma discreta para não tirar o protagonismo da vista para o mar. “Para a sala, foram escolhidas cores e texturas que não rivalizassem com a vista: predominam nuances de branco e nude, com toques de verde, rosa, azul e tons terras nos detalhes, além de materiais naturais. Procurámos usar cores agradáveis e convidativas ao olhar e para apreciar o ambiente, nada de contrastes fortes”, conta Felipe Maia. Além disso, em vez de uma única mesa de centro, a arquiteta optou por móveis mais pequenos e soltos, por serem leves e conferirem maior flexibilidade e versatilidade ao espaço.

Outros destaques são o mobiliário de design arrojado, com peças assinadas por Jader Almeida, Aristeu Pires, Alvar Aalto e Jasper Morrison, e a marcenaria de linhas retas em freijó natural. Já o painel de madeira, entre a sala de jantar e a área íntima, com porta de correr em vidro mini boreal, permite a passagem de luz natural para o corredor.

Texturas naturais e cores pontuais trazem todo aconchego e “toque praia” aos quartos do apartamento. A suíte do casal foi integrada à varanda e dividida em área de dormir, espaço de leitura e um escritório. Foram usadas cores neutras e toques de coral na decoração. No quarto das filhas, a decoração é feminina e jovial, com toques de azul e rosa claro, além de armários com portas em palhinha.

Por fim, o escritório, usado pelo marido, dispõe de uma generosa estante para armazenar os vários livros e servir de fundo para eventuais reuniões online. Do outro lado da divisão, a bancada de ponta a ponta proporciona um espaço de trabalho amplo e confortável.
  • Ref˙gio Familiar
  • Ref˙gio Familiar
  • Ref˙gio Familiar
  • Ref˙gio Familiar
  • Ref˙gio Familiar
  • Ref˙gio Familiar
  • Ref˙gio Familiar
  • Ref˙gio Familiar
  • Ref˙gio Familiar
  • Ref˙gio Familiar
  • Ref˙gio Familiar
  • Ref˙gio Familiar
  • Ref˙gio Familiar
  • Ref˙gio Familiar
  • Ref˙gio Familiar
  • Ref˙gio Familiar
  • Ref˙gio Familiar
  • Ref˙gio Familiar
  • Ref˙gio Familiar
  • Ref˙gio Familiar
  • Ref˙gio Familiar
  • Ref˙gio Familiar
  • Ref˙gio Familiar
  • Ref˙gio Familiar
  • Ref˙gio Familiar
Para mais informações, visite o website Maia Romeiro Arquitetura.
close

Subscreva a nossa Newsletter, para estar a par de todas as novidades da nossa edišŃo impressa e digital.