• Casa Txai

    Um projecto na Bahia pelo estúdio mk27

journal

 
07 / 05 / 2015
Num cenário verdadeiramente paradisíaco na Bahia ergueu-se a casa Txai, uma construção que presta homenagem às coloridas casas vernaculares baianas. A inspiração de raiz tradicional fundiu-se com as linhas da arquitectura moderna brasileira, criando um lugar único.
Virada para a praia, a casa está elevada a 13 metros acima do nível do mar, permitindo vislumbrar o azul da água por entre as copas das árvores. O projecto de arquitectura foi desenvolvido pelo estúdio brasileiro mk27 – com a equipa Marcio Kogan, Carolina Castroviejo e Gabriel Kogan – que projectou uma casa com dois pisos não sobrepostos, que se expandem horizontalmente.
A zona social localiza-se no piso inferior, numa grande sala que é prolongada por uma ampla varanda com uma piscina. No segundo andar estão reservadas as zonas dos quartos, melhoradas por um terraço que oferece a melhor vista sobre a costa. O acesso entre estas duas áreas é feito pelo exterior da casa, de forma a obrigar os moradores a sentir as condições climatéricas do local. Houve o cuidado de utilizar apenas materiais locais e no seu estado bruto, para melhor envelhecerem perante o rigoroso clima litoral tropical.
“A Casa Txai oferece uma radical experiência de integração entre interior e exterior. É um lugar para tomar uma água de coco, balançando-se nas redes. A atmosfera tropical da Bahia impregna todos os espaços e o contato com o jardim se torna parte necessária do uso da casa, ao integrar os percursos da vida quotidiana”, descrevem os arquitectos do studio mk27.


 
 Fotografia: Fernando Guerra
close

Subscreva a nossa Newsletter, para estar a par de todas as novidades da nossa edição impressa e digital.