Petit h, o lado mais criativo da Hermès

06 / 09 / 2018
Para mais informações, visite o site da Hermès.
Fotografia: Iciar J. Carrasco 
Na mesma altura que a sustentabilidade e o reaproveitamento de materiais tem ganho protagonismo, é a vez da Hermès trazer à capital portuguesa algumas novidades de um dos mais emblemáticos projetos da maison francesa, o petit h.

Depois de viajar por vários cantos do mundo, cabe agora à loja do Largo do Chiado, em Lisboa, acolher dezenas de relíquias produzidas por artesãos e designers, com vista a valorizar o trabalho manual da marca. De 6 a 16 de Setembro, o primeiro piso do espaço torna-se num autêntico gabinete de curiosidades, associando o savoir-faire pela qual é conhecida a materiais como o couro, a seda, a porcelana ou o cristal.

Nesta viagem ao laboratório de ideias e experiências da Hermés, Godefroy de Virieu, director criativo da marca, conta com a colaboração da artista portuguesa Joana Astolfi, que explora a temática dos descobrimentos, inerente à cidade portuguesa. Destaque para um banco de couro em formato de canoa, um veleiro em lenços de seda ou para a imponente estante em couro.

Os visitantes terão ainda a oportunidade de participar em workshops criativos, orientados por Isabelle Leloup. Os lugares são limitados e sujeitos a marcação.