TEDxPorto: quando as palavras geram confiança

03 / 06 / 2019
Para mais informações, visite o site do TEDxPorto.  
“Um verdadeiro muda-vidas”, resumiu Pedro Geraldes, que, desde 2010, compõe o painel de organizadores da TEDxPorto, ao lado de 27 voluntários. São eles, na verdade, os responsáveis por dar voz a “ideas worth spreading”, o mote que esteve na origem das conferências TED, na Califórnia, acabando por se alastrar por todo o mundo com um objectivo comum: partilhar ideias e inspirar, através de pequenas palestras com cerca de 15 minutos.

Pela décima vez consecutiva, o Porto é palco da iniciativa que levou ao Centro de Congressos da Alfândega do Porto mais de 1200 participantes. No dia 6 de Abril, 15 oradores de diferentes backgrounds - gestores, profissionais de saúde ou até neurocientistas – subiram ao palco para partilharem histórias que abordassem a ideia de “Confiança”, o tema atribuído a esta edição. “Sendo este um tema transversal a todas as áreas, temos noção de que hoje em dia há um aumento generalizado da desconfiança por parte das pessoas, apesar de toda a segurança aparente da tecnologia”, conta-nos o organizador, também ele arquitecto na Invicta. Depois de nove anos na organização do evento, Pedro acredita que são vários os benefícios em integrar o projecto, resultando sobretudo na “capacidade para criar coisas novas, que não têm de ser disruptivas, mas, acima de tudo, tem de ser capazes de dar resposta a problema complexos.” Enquanto arquitecto, acredita que o desafio passa, ainda, por transpor a “visão integral” da profissão para o TEDx, transportando o “foco no cliente” e a “a criação de uma experiência imersiva” para o palco do evento.

Testemunhos como o de Zak Ebrahim, filho de um dos terroristas que coliderou o ataque ao World Trade Center, ou de Cátia Ferreira, enfermeira especialista em cuidados paliativos no Hospital de São João, marcaram o evento, através de uma abordagem transparente e emotiva de temas como a morte ou o terrorismo. Já Marcos Piangers, jornalista e especialista em novas tecnologias, encerrou, com humor, o ciclo de conferências, optando por destacar a ligação entre pais e filhos e necessidade de confiança. Em conversa com o orador, e a propósito do seu livro “O Pai é Top”, Marcus defende que “a vida com filhos pode ser divertida, encantadora, bonita” e que “o contacto com as crianças pode ser visto como uma oportunidade para nos tornarmos um homem novo, homem melhor”. Familiarizado com a iniciativa, depois de ter sido orador três vezes em eventos TED no Brasil, o jornalista brasileiro reconhece que o impacto é sempre “transformador”, dando-lhe um sentimento de “realização e de propósito”, depois de receber o feedback de algumas pessoas.

A próxima edição, com data agendada para o dia 28 de Março de 2020, promete continuar a inspirar participantes, organizadores e oradores, que, nas palavras de Pedro Geraldes, “acabam por absorver esse conhecimento e transformá-lo em alguma coisa positiva para a sua vida pessoal e profissional”.