Os Descuidados de Deus

16 / 04 / 2018
De 14 de Abril a 1 de Maio
Local: Galeria Passevite, Lisboa
Artista: Paulo Robalo
Exposição: Os Descuidados de Deus #01 Retratos 
De 14 de Abril a 1 de Maio, a galeria Passevite acolhe o trabalho de Paulo Robalo, uma exposição de pintura com a composição musical de João Godinho e David Diogo e textos de Luís Robalo.

“Estas 
figuras, indignadas, revoltadas, iradas, agastadas, abespinhadas, incomodadas, maltratadas, ultrajadas, foram à nascença dilapidadas do seu ser. Continuam sem embargo, seres inconformados com as injustiças desta desequilibrada, perversa e desumanizada existência desenhada por Deus sem afia lápis”, conta o autor da exposição, actualmente professor de Design Cénico, Desenho e ainda um dos responsáveis da galeria Passevite, nos Anjos, em Lisboa.


Descuidados de Deus - Retratos, é o título da actual exibição, que nos mostra a essência do ser humano, aqui descrita pelas palavras de Luís Robalo: "
Eu queria tanto ser homem. Apesar dos seus momentos – são muitos – de tristeza serem pungentes, às vezes uma dor aguda insuportável de viver, quando se realizam em grandes obras ou grandes pensamentos, efemeramente alegres, gozam do prazer da felicidade, um inexplicável que é um orgasmo do conseguimento. Esse clímax só é dos homens. Nenhum outro ser seja animal, ou vegetal, ainda menos uma pedra, poderá jamais provar essa iguaria.“

Disponível de quarta a sábado, entre as 17h e as 20h (outro horário por marcação).